Menu

Alunos criam solução para seca no NE e ganham prêmio

06 MAI 2017
06 de Maio de 2017

Alunos brasileiros, que estudam em Portugal, desenvolveram uma solução para combater a seca na região do semiárido no Brasil e ganharam um prêmio.

O grupo Palmas Pra Vida criou um projeto que propõe o reuso das chamadas águas cinzas – que saem de processos domésticos, como banho e lavagem de roupa e louça – na comunidade alagoana de Major Isidoro.

A ideia do time vencedor é destinar essa água para a irrigação de plantas que alimentam o gado leiteiro da cidade, que é a maior produtora da bacia leiteira de Alagoas.

O projeto pretende beneficiar tanto os pequenos agricultores quanto a comunidade escolar, que receberá educação ambiental e parte do leite produzido.

O desafio

Os alunos venceram o desafio proposto pela Ambev para apresentar uma soluções inovadoras.

O projeto receberá agora US$ 10 mil para ser implementado.

Com o nome de Desafio Água, a iniciativa foi resultado de uma parceria entre a cervejaria e a BRASA, maior associação de alunos do Brasil no exterior.

Elas incentivaram os jovens a pensarem em alternativas para combater a grave escassez hídrica enfrentada pela população do semiárido do país.

Ao todo, mais de cem estudantes participaram do desafio, que teve três grupos finalistas.

“Queremos ver as pessoas unidas por um mundo melhor e são atitudes como essa que nos ajudarão a realizarmos esse sonho.”, disse Carla Crippa, gerente de sustentabilidade da Ambev e jurada no evento.

O anúncio do grupo vencedor foi na Universidade da Pensilvânia (EUA) durante a BrazUSC, maior conferência para alunos brasileiros que estudam no exterior.

Com informações da Ambev

Voltar


email: radiojoaorufino@gmail.com

By Rufas 2016